Dicas

Como usar o Instagram na sala de aula

Quem nasceu na era digital, com a internet e todos os seus benefícios, não consegue imaginar a vida sem os inúmeros aplicativos e redes sociais. Por isso, nada melhor do que unir o que a tecnologia tem a oferecer e a sala de aula. Um dos recursos que pode ser utilizado para tornar o aprendizado mais divertido é o Instagram. Hoje vamos trazer alguns sugestões de como ele pode ser usado na escola.

Depois de conversar a os alunos e acertar que o Instagram vai fazer parte do dia a dia da sala, é hora de criar uma conta para a turma. Essa é a melhor maneira que o experimento não saia do controle do professor ou professores, já que isso pode ser um projeto da escola. Outra sugestão é ao fazer a conta, deixá-la privada para segurança dos estudantes. Conta feita, é hora de cair em campo.

A conta do Instagram pode ser uma vitrine de trabalho dos alunos. Pais, irmão e outros estudantes podem saber o que a turma está fazendo. A ferramenta funcionará como um grande expositor de tudo que é feito. Um vídeo sobre algum conteúdo trabalhado, uma foto que funcione de referência para alguma matéria são exemplos de postagens que transformam a conta em vitrine para colegas.

A memória de sala de aula também pode explorada. Documentar uma reunião em grupo, uma saída a campo, uma viagem em turma ou mesmo a apresentação de um trabalho é uma maneira de guardar lembranças desses momentos.

Para o professor de literatura, uma dica é criar perfis para figuras históricas. Escolher um personagem literário, como Dom Casmurro e deixar os estudantes responsáveis por conceber uma versão verossímil de como seria o Instagram dessas personagens da ficção. Os alunos iriam usar muito a imaginação!

A matemática também pode ser usada por lá. Tem suporte melhor para fazer um passo a passo de algo do que imagens ou vídeos? Uma forma divertida dos alunos visualizarem as fórmulas e contas.

Mas se criar uma conta para uma turma não parece a melhor opção, uma alternativa é criar uma hashtag para os projetos e sugerir tarefas para os estudantes. Se a matéria estudada é da disciplina de história, por exemplo, o professor pode convidar os alunos a postarem em suas próprias contas exemplos do que está sendo estudado, mas sempre usando a hashtag.

Como é possível observar, ideias não faltam para quem quer tornar a sala de aula mais divertida. E o melhor de tudo, sem perder o foco do estudo.

Compartilhe:

Postar um comentário

*
*