Dicas

Na sala de aula: a importância da robótica nas escolas

É grande o número de escolas que estão colocando em seus currículos as aulas de robótica. E isso é muito importante para o desenvolvimento educacional dos estudantes, desde a etapa infantil. A robótica pode ser uma ponte para o ensino de outras disciplinas ou mesmo ser ensinada puramente. Mas apesar disso, ainda não existe no Ministério da Educação (MEC) uma diretriz específica sobre o tema.

A robótica focada em seus próprios conceitos – Para muitos educadores, o aluno atual não vai passar a gostar de física e química através do computador, pois a computação se tornou uma área e conhecimento próprio. Mas se ele for estimulado a resolver um desafio, a coisa muda. É mais efetivo e inclusivo ensinar a robótica focada em problemas e conceitos, pois faz o aluno trabalhar mais e perde a facilidade que geralmente é inimiga do ensino.

Educadores também afirmam que para ter um ensino de robótica maduro é preciso a união de quatro pontos: a percepção clara do problema que o robô será construído para resolver; a percepção da finitude dos recursos (o projeto precisa ser realista); as condições da solução do problema, o quão eficiente ela será e qual o objetivo do projeto; e o encadeamento do próprio projeto, analisando o tempo que se terá para realizar o objetivo da ação e de como a escola e os colegas se colocarão nesse processo.

As escolas interessadas em participar de atividades de robótica podem entrar em contato com Exame Nacional de Tecnologia e Robótica (Enater – http://www.enater.org/) ou com a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR – http://www.obr.org.br/).

Compartilhe:

Postar um comentário

*
*