Curiosidades

O que são pessoas afrodescendentes?

Branco, negro, índio…mulato, moreno, afrodescendente, afro-brasileiro. Afinal, que termo é esse que muitas pessoas são denominadas como tal? Pela lógica da palavra, nada mais é do que aquele que é descendente de africano. E muitas pessoas se reconhecem como afrodescendentes: cerca de 200 milhões, no Brasil e Américas. Já nos EUA, o termo usado é o african american (afro-americano).

Os brasileiros, naturalmente, por conta da escravidão, foram miscigenados com descendentes de escravos que vieram da África, Angola, Moçambique e Guiné. Logo, somos gerações afrodescendentes, uns com mais características, outros menos.

Em uma Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2013, foi adotada uma resolução que criou a Década Internacional de afrodescendentes, conhecida como “Pessoas Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”, cujo período está compreendido entre 1 de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024. A ideia é combater o preconceito, a intolerância, a xenofobia e o racismo.

Para entender melhor essa denominação, sugerimos a leitura da obra Uma Historia da Cultura Afro Brasileira, de Walter e Wlamyra. Os povos africanos que foram escravizados no Brasil trouxeram um imenso repertório de saberes, de técnicas de cultivo, de criação de animais, de mineração, de construção de casas, de navegação, de religiosidade, de filosofia, de culturas musicais, de conhecimento sobre ervas medicinais, de tratamento curativo de doenças físicas e mentais, de dança, de divertimentos e culinária.

A interação entre estes povos, vindos de diferentes regiões e grupos étnicos do continente africano, construiu ao longo de séculos um novo cenário cultural nas Américas. O encontro, nem sempre amistoso, entre esses diferentes povos fez nascer uma cultura original e diversificada: a cultura afro-brasileira. Muito do que hoje nos define como brasileiros é fruto desta criação cultural, na qual os africanos e seus descendentes foram protagonistas importantes. É sobre a formação dessa cultura que o livro fala.

Capa do livro Uma Historia da Cultura Afro Brasileira

Compartilhe:

Postar um comentário

*
*