Curiosidades

Você sabe o que é patrimônio histórico?

Temos certeza de que você já ouviu falar dos termos patrimônio histórico material e patrimônio histórico imaterial. Mas o que eles realmente representam? Nós vamos aprender um pouco sobre isso hoje. É podemos garantir, o assunto é bem interessante.

Patrimônio histórico material é formado por um conjunto de bens culturais classificados segundo sua natureza: arqueológico, paisagístico e etnográfico; histórico; belas artes; e das artes aplicadas. Eles estão divididos em bens imóveis – núcleos urbanos, sítios arqueológicos e paisagísticos e bens individuais – e móveis – coleções arqueológicas, acervos museológicos, documentais, bibliográficos, arquivísticos, videográficos, fotográficos e cinematográficos.

Já os imateriais são hábitos enraizados no cotidiano, conhecimentos populares, manifestações artísticas de teor diverso, receitas populares, práticas de religiosidade, manifestações populares no esporte, dentre outros.

E como um bem se torna um patrimônio histórico? É preciso que aquele bem seja tombado, isto é, o poder público deve manifestar-se a favor de tornar aquele bem um patrimônio e para isso deve emitir um ato administrativo , seguindo as regras específicas para esse objetivo. Esse ato administrativo é realizado pelo Poder Público , nos níveis federal , estadual ou municipal.

Patrimônio Nacional – Aqui no Brasil temos patrimônio histórico tombado. Tudo isso devido a uma cultura rica e diversificada. Quer exemplos?

Cidade Histórica de Ouro Preto – Minas Gerais, Centro Histórico de Olinda – Pernambuco, Pelourinho – Bahia, Estação da Luz São Paulo, Ruínas de São Miguel das Missões – Rio Grande do Sul, Cristo Redentor – Rio de Janeiro, Conjunto Urbanístico de Brasília – Brasília, Palácio do Catetinho – Brasília.

Ficou interessado em conhecer todos os bens já tombados no Brasil? Consulte o Guia de Bens Tombados, elaborado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

Patrimônio Mundial – Com o objetivo de incentivar a preservação de bens culturais e naturais considerados significativos para a humanidade, a Organização das Nações Unidas para a Ciência e a Cultura – UNESCO criou, em 1972, a Convenção do Patrimônio Mundial.

Como exemplos de patrimônios da humanidade, podemos citar: Pirâmides de Gizé – Egito, Machu Picchu – Peru, Estátua da Liberdade – Estados Unidos, Muralha da China – China, Torre de Piza – Itália, Coliseu de Roma – Itália, Palácio de Versalhes – França, Torre Eiffel – França e Acrópole de Atenas – Grécia.

Compartilhe:

Postar um comentário

*
*