Curiosidades

Ensino híbrido: um desafio para pais, alunos e professores

Uma nova forma de aprender e ensinar bateu na porta dos brasileiros neste ano de 2020. Aqui no Brasil, desde março a vida mudou em todos os aspectos. Na educação não foi diferente. No começo da pandemia do novo coronavírus todos estudantes estavam tendo suas aulas dentro de casa, através do ensino remoto. Na fase atual, pais, alunos e professores enfrentam um novo desafio: o ensino híbrido. A metodologia não está sendo utilizada pela forma inovadora de aprender que ela proporciona, mas pelas necessidades reais da sociedade atual, onde a aglomeração de pessoas deve ser evitada.

O desafio do ensino híbrido é de todos. As escolas precisaram se reinventar em curto espaço de tempo, os estudantes se adaptar a tantas mudanças na forma de aprender e os pais, a encarar uma sala de aula dentro e fora de casa. Mas dentro desses turbilhão de mudanças o modelo híbrido nos dá uma possibilidade de ensino eficiente, interessante e personalizado. A metodologia combina aprendizado online com o offline, em modelos que mesclam momentos em que o aluno estuda sozinho, de maneira virtual, com outros em que a aprendizagem ocorre de forma presencial, valorizando a interação, que no momento atual é cercada de cuidados.

As principais características do ensino híbrido são:

• Mescla estratégias de ensino off-line com estratégias digitais;

• Possibilita personalizar o ensino para atender melhor às necessidades de aprendizagem dos estudantes;

• Coloca o aluno como protagonista da sua aprendizagem;

• Transforma o papel do professor de transmissor para mediador do conhecimento.

Segundo Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB (Centro de Inovação para Educação Brasileira), no podcast do POVIR/CIEB, o “ensino híbrido é expandir tempos e espaços de aprendizagem e nós já estávamos precisando fazer isso de alguma maneira. O ensino híbrido não pode ser encarado apenas como uma possibilidade de entregar a educação remotamente, mas como essa possibilidade de inovação na educação para que a gente consiga fazer a aprendizagem em qualquer tempo e qualquer espaço”.

Para se aprofundar mais sobre o tema sugerimos assistir o bate-papo sobre Modelos educacionais híbridos para os múltiplos cenários pós-Covid-19, realizado pelo CESAR, com os educadores Juliana Araripe (CESAR School), Vincent Bonnet (Escola Eleva), Lilian Bacich (Tríade Educacional) e Paulo Blikstein (Columbia University).

https://youtu.be/ZtcOklwzzyY

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out