Dicas Posts Recentes

Dicas para um lanche saudável

Preparar o lanche escolar todos os dias não é uma tarefa fácil. A correria do dia a dia faz muitas vezes os pais optarem por alimentos mais práticos, mas nem sempre saudáveis. Mas para tudo se tem um jeito. Listamos aqui algumas dicas que poderá ajudar a montar a lancheira do seu filho.
– Evitar monotomia de opções. Procure variar o máximo possível as opções de lanches e as cores para a criança sentir prazer e desejar comer;
– Sempre coloque uma fruta na lancheira. Mas deixe com que a criança participe da escolha de qual fruta ela quer levar no dia. Se ela não quiser nenhuma, escolha frutas que não estragam com facilidade e envie junto na lancheira. Se a criança não comer na escola, ela comerá em outra oportunidade;
– Além da fruta é necessário levar uma opção de carboidrato que são responsáveis pela energia. Coloque na lancheira pães integrais, bisnaquinha integral, barras de cereais, biscoitos integrais.
– As geléias de frutas e queijo tipo polenguinho são boas opções de passar no pão por não precisarem de refrigeração;
– Quando for biscoitos ou bolachas não deve colocar na lancheira o pacote inteiro. Sempre separa as porções de 4 a 5 biscoitos para não correr o risco da criança comer uma grande quantidade;
– Sempre coloque uma garafinha de água na mochila. As crianças esquecem de beber água. Avise a professora para lembrar o seu filho de tomar a água;
– Os achocolatados possuem muita gordura e açúcar. Evite colocá-los todos os dias na lancheira;
– Orientar a criança quando ela for consumir salgados da cantina, escolher os assados e evitar as massas folhadas. O pão de queijo, enroladinho, esfiha e torta são boas opções;
– Negociar um dia na semana para a criança escolher o que preferir levar de lanche. De preferência no meio da semana para ficar distante do final de semana que já entram alguns abusos na alimentação;
– Cuidado com lanches que vão queijos, frios, requeijão ou mesmo evitar levar iogurtes ou produtos que necessitam de refrigeração. São alimentos fáceis de estragar e dificilmente as escolas tem um refrigerador para armazenar o lanche;
– Sempre pergunte dos lanchinhos dos colegas. Assim ficará mais fácil identificar quando o seu filho comeu algo do amigo. As trocas de lanches escolares são comuns, mas para crianças com obesidade isso pode agravar mais o ganho de peso;
Fonte: Blog A Nutricionista.com

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out