Dicas

Entenda o uso da crase

layout_facebook_141111_3

Muito estudante tem dúvidas de como usar a crase e isso termina sendo uma preocupação na hora de prestar o vestibular. Mas calma, nós vamos ajudar decifrar o uso desse acento. A crase parece algo bem complicado, mas nada mais é que a junção da preposição ‘a’ com o artigo feminino ‘a’.

Mas como saber empregar a crase? Uma dica é substituir a crase por “ao” e o substantivo feminino por um masculino. Caso essa preposição seja aceita sem prejuízo de sentido, então com certeza há crase.

Veja o exemplo:
Fui à farmácia, substituindo o “à” por “ao” ficaria Fui ao supermercado. Logo, o uso da crase está correto.

Existem casos que a crase é obrigatória. São eles: nas expressões que indicam horas ou nas expressões “à medida que”, “às vezes”, “à noite”, “à moda”, entre outras.

Exemplos:
Sairei às duas horas da tarde.
À medida que o tempo passa, fico mais feliz por você estar no Brasil.
Quero uma pizza à moda italiana.

Nomes de países e cidades também podem usar crase. Mas como saber? Basta verificar se o nome em questão aceita o uso de artigo. Por exemplo: O Brasil, a Bélgica, a França e a Itália recebem artigos. Já Portugal, Israel e Moçambique não. Os países e cidades que não recebem artigos e aqueles que recebem artigos masculinos jamais serão precedidos de crase.

A crase não ocorre antes de palavras masculinas, antes do verbo, de pronomes pessoais, da palavra casa quando tem significado do próprio lar, da palavra terra quando tem sentido de solo e de expressões com palavras repetidas (dia a dia).

Fonte: Guia do Estudante e Brasil Escola

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out