Curiosidades

Flores Tropicais:uma beleza exótica

Já notou que quando queremos presentear alguém com flores escolhemos as mais delicadas, como rosas e flores do campo? Que tal aproveitar essa semana, que a gente comemora o Dia das Mães, para conhecer novos tipos de flores e assim surpreender a mamãe com um arranjo de flores tropicais?

Esse tipo de flor encanta pela sua beleza e forma exótica. Elas se adaptam a climas temperaturas quentes e são apreciadas em arranjos e jardins. Uma vantagem é o tempo de vida dela: enquanto uma flor tradicional dura, em média, 5 dias, as flores tropicais chegam aos 20 dias de vida!

Países de clima tropical, como é o caso do nosso país, favorecem o cultivo de flores tropicais de ótima qualidade, com tonalidades mais vivas, além do que, muitas espécies são nativas. E o mais legal, existem muitas espécies desse tipo de flor. Vamos conhecer algumas?

Hibisco – apesar de existirem várias espécies, o mais comum nos jardins brasileiros é o Hibiscus rosa-sinensis. Recebeu nomes populares engraçados, como “graxa-de-soldado” ou “graxa-de-estudante” porque suas flores eram usadas para engraxar sapatos, deixando-os bem brilhantes. É proveniente da China, floresce o ano todo e gosta de locais quentes e úmidos.

Antúrio – pertence à família Araceae, sendo que, atualmente, há mais de 600 espécies diferentes já identificadas. É uma planta que vive muito tempo, destaca-se pela beleza da folhagem, pela grande variação na forma e pelo colorido de suas inflorescências. Necessita de muita umidade, portanto, deve ser regada com frequência. O antúrio deve ser plantado sempre à meia-sombra, em substratos ricos em matéria orgânica.

Helicônias – popularmente conhecidas como bananeira-do-brejo, pertencem à família Heliconiaceae. São plantas herbáceas com rizomas subterrâneos, fator que facilita sua propagação.  As inflorescências podem ser pendentes ou eretas, com diferentes formatos e flores, com altura que varia de 1 a 6 metros, de acordo com a espécie. Possui uma grande quantidade de néctar, servindo de alimento para muitos pássaros, principalmente beija-flores.

Etlingera elatior – essa espécie é conhecida popularmente como bastão-do-imperador. Ela pertence à família Zingiberaceae e tem hastes grandes que alcançam de 2 a 4metros de altura, com folhas também grandes, alongadas e levemente rosadas. Pela sua beleza, atrai pássaros e borboletas. É uma espécie bastante exótica e pode ser cultivada em todas as regiões do Brasil.

Astromélia – é uma flor muito bonita. O seu nome científico é Alstroemeria hybrida e pode ser de diversas cores. Adaptadas à polinização por abelhas, têm sementes pequenas, duras e arredondadas.

Gengibre ornamental – seu nome científico é Zingiber spectaile e tem hastes que podem alcançar cerca de 1,5 a 2 metros de altura. Suas folhas são verdes, longas e aveludadas. Apesar das flores serem pequenas, sua folhagem tropical é muito bonita. As inflorescências surgem no verão e têm o perfume típico de gengibre, como o próprio nome sugere. Deve ser cultivado sob meia-sombra, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e mantido úmido.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5208 ms: Connection timed out