Dicas de Leitura

Os desafios de aprender um idioma na pandemia

Ana Claudia Peixoto é mãe de Arthur, de 7 anos. No início da pandemia em 2020, como muitos pais, Ana tirou seu filho das atividades extra classe quando notou que não iria voltar para o presencial. Mas com o passar do tempo percebeu que era preciso adaptar a rotina e retomar algumas atividades que foram deixadas de lado. Além do retorno gradativo a sala de aula, Arthur retornou ao inglês, só que desta vez de forma remota. “Não foi uma decisão fácil, a atenção dele não está das melhores, mas escolhemos um aplicativo que é focado em ensinar inglês para crianças e as tarefas são divertidas”, diz Ana Claudia. 

Além das várias opções de aplicativos, as escolas tradicionais de línguas e professores particulares também se adaptaram à nova realidade e fazem aulas online. Para Anselmo Meneses, professor particular de inglês, existem dois grandes desafios, um no horário da aula e outro fora dela.

“O primeiro é saber se o aluno realmente está entendendo o assunto que é dado e não está guardando dúvidas por medo ou vergonha de falar, pois tem muito disso. Em uma sala de aula você percebe quem está entendendo e quem não está, somente pelas expressões deles. O segundo desafio é saber se eles estão realmente fazendo as atividades que são propostas”. 

Anselmo também comenta sobre as limitações próprias da tecnologia. “Num dia muito chuvoso, por exemplo, nem todos os alunos conseguem entrar na aula porque a internet fica instável”, finaliza. 

Você também vive essa experiência dentro de casa? Compartilhe com a gente como está sendo vivenciar essa rotina de aprender uma nova linha dentro de casa. 

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5201 ms: Connection timed out