Curiosidades

A Lua e seus encantos…

A lua sempre fascinou o homem, que mostrava a sua admiração através de músicas, poesias, desenhos, até que um dia ele resolveu ir até lá. Uma conquista que ficou marcada na história da humanidade. O fato aconteceu em 20 de julho de 1962. A nave Columbia, que fazia parte da missão Apolo 11, levava para o espaço os astronautas Neil Armstrong, Edwin ‘Buzz’ Aldrin e Michael Collins. Neil Armstrong, comandante da missão, foi o primeiro ser humano a pisar na superfície lunar, e foi o autor da célebre frase: “Este é um pequeno passo para o homem, mas um enorme salto para a humanidade”.

A Lua é o único satélite natural da Terra. Quatro vezes menor do que nosso planeta, ela que é é iluminada pelo Sol, não tem luz própria. Ao longo do ciclo lunar, a Lua vai adquirindo formas diferentes para nós que a observamos daqui da Terra. Mas na verdade sua forma não muda. O que muda é o quanto podemos ver da face da Lua que está sendo iluminada pelo Sol.

O ciclo lunar tem quatro fases principais: Lua Nova, Lua Quarto Crescente, Lua Cheia e Lua Quarto Minguante.

LUA NOVA

É quando a face da Lua iluminada pelo Sol não pode ser vista da Terra. Como a Lua está na mesma direção que o Sol, ela nasce e se põe junto com ele.

LUA QUARTO CRESCENTE

Daqui da Terra podemos ver metade da região da Lua que está refletindo a luz do Sol.

Nessa fase, a forma da Lua vista da Terra é diferente nos dois hemisférios. No Hemisfério Norte, a Lua parece com a letra D. No Hemisfério Sul, é o inverso, tem a forma da letra C. É claro que isso é apenas uma forma de identificar a Lua nessa fase. Existem também situações comuns em que ela não se parece com a letra C aqui no hemisfério Sul.

LUA CHEIA

Nessa fase, vemos num círculo toda a face da Lua que está iluminada pelo Sol.

Como a Lua Cheia nasce aproximadamente às 18 horas e se põe no dia seguinte às 6 da manhã, podemos ver a Lua durante toda a noite.

QUARTO MINGUANTE

Como na fase Quarto Crescente, vemos metade da face iluminada da Lua.

Só que agora as formas da Lua vistas em cada hemisfério se invertem: no Hemisfério Sul ela surge em forma de D; no Hemisfério Norte, em forma de C. Mas o formato dessas “letras” não é fixo, assim como na fase crescente.

 

 

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5206 ms: Connection timed out