Curiosidades

Como as ondas se formam?

Quando olhamos o mar ficamos observando o vai e vem das ondas. Mas você já parou para pensar como elas se formam? A maioria surge a partir do sopro do vento na superfície do mar. O vento bate na água e causa uma ondulação composta de pequenas ondas entre 1 e 2 cm que são chamadas de ondas capilares. Quanto mais veloz e durável for o vento, maior será a altura da onda. Se a ondulação formada ainda for pequena e o vento parar de soprar, as ondas somem com ele. Agora, se o vento continuar, essa ondulação vai ficando mais alta, mais comprida e mais rápida até formar as ondas que conhecemos.

E você já notou que mesmo que o vento pare ela continua a se propagar até chegar na areia? Para isso acontecer é necessário que o vento sopre por um tempo e percorra uma longa distância na superfície, que é chamada de pista. Por esse motivo, em uma lagoa, não existem ondas grandes como no mar, por exemplo. Pois não há pista suficiente para que elas aumentem.

Mas não é só o vento que causa a onda. Algumas surgem de tremores ocorridos nas profundezas do oceano ou até mesmo de eventos externos vindos da natureza, como algo pesado que caia sobre as águas do mar. A maneira de propagação continua a mesma, o que muda neste caso é apenas sua origem.

As características da onda – A onda é composta basicamente por três partes: a crista, o cavado e a área de rebentação. A crista é a parte mais alta da onda, o cavado é a base da estrutura que sustenta a onda e a área de rebentação, como o próprio nome já diz, é onde a onda, geralmente, se quebra.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5207 ms: Connection timed out