Curiosidades

Como seria a sua vida sem a Internet?

Eu, Varejito, não saberia responder a essa pergunta. A Internet faz parte da minha vida desde cedo, como deve fazer parte da vida do seu filho também. Já nascemos com ela juntinho da gente. E, apesar de ser um acontecimento super novo na vida das pessoas, a Internet se integrou de uma maneira tão intensa que parece que sempre existiu. E você sabia que tem uma data que comemora a Internet?

Pois bem, no próximo dia 17 de maio é comemorado o Dia Mundial da Internet. A data foi estabelecida pela ONU no ano de 2006. Mas você sabe quando surgiu realmente a Internet que usamos nos dias atuais? Foi em 1991 que surgiu WWW, liderando uma grande mudança nos hábitos e no perfil dos usuários da INTERNET. O sistema como nós conhecemos hoje foi criado por um grupo de cientistas do CERN – Laboratoire Européen pour la Physique des Particules <http://www.cern.ch/>, decidiu tornar o tempo de uso da Rede mais rápido, fácil e produtivo.

Com a WWW, a tarefa de navegar tornou-se extremamente simples. Endereçamentos amigáveis e visualização clara e rápida possibilitaram ao leigo um acesso antes restrito a especialistas.

Para navegar nesse novo sistema, foi criado um novo tipo de software, conhecido como browser ou navegador. O primeiro a ter grande impacto foi o Mosaic, liderado por M. Andreeseen, que mais tarde fundaria a Netscape Communications Corporation. O Mosaic se espalhou por milhares de usuários, tornando a WWW conhecida rapidamente, o que levou à multiplicação da quantidade de home pages disponíveis. Com essa multiplicação, mais usuários aderiram, criando um ciclo de crescimento da ordem de 300% ao ano, nos cinco primeiros anos de sua existência.

Com essa explosão e a facilidade de uso, começaram a surgir os usuários de fora das universidades: empresas e pessoas físicas. É quase incontável a quantidade de novos negócios que surgiram e continuam a surgir com os nichos criados pela explosão da WWW.

E antes do WWW? A estrutura de acesso antes da WWW foi originalmente projetada para membros de centros de pesquisa e universidades. A maior parte das conexões era feita dos próprios centros e laboratórios das universidades, e as que eram feitas de outros locais (casas, escritórios etc.) usavam linhas telefônicas e eram perfeitamente suportadas pela estrutura existente.

Mas história começa lá trás. Em 1969, foi criada a ARPANET – ARPAnetwork e em outubro do mesmo ano foi enviada a primeira mensagem remotamente, inaugurando na prática suas atividades. Durante os anos seguintes, a ARPANET foi sendo ampliada com novos pontos em todos os Estados Unidos, passando a incluir também universidades. Em 1971, surgiu o modelo experimental do e-mail (o seu primeiro software veio em 1972), ampliando a utilidade da Rede. Já em 1973, foram criadas as primeiras conexões internacionais, interligando computadores na Inglaterra e na Noruega.

O resto da década de 70 foi marcado pelo crescimento da Rede, por onde circularam mensagens enviadas até mesmo pela Rainha da Inglaterra, Elizabeth II. Também surgiram outras redes paralelas que posteriormente viriam a se unir à ARPANET. Essa união não significava em todos os casos o desaparecimento de alguma dessas redes, pois uma das premissas da ARPANET era de que ela fosse capaz de comunicar se com qualquer computador e/ou rede que houvesse. Essa premissa se mantém até hoje.

Em 1982, foi implementado o TCP/IP, protocolo padrão da Rede. No ano seguinte, toda a parte militar (que recebeu o nome de MILNET) foi separada da ARPANET. Em 1985, surgiram os primeiros domínios (.edu, .org e .gov), logo após à criação deste conceito. Também nessa época, começou a ser usado o nome INTERNET para se referir ao conjunto de redes liderado pela ARPANET. Depois da cisão com a parte militar e o uso já comum do termo INTERNET, a ARPANET se esvaziou e deixou de existir oficialmente em 1990.

Fonte: Interponta

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5207 ms: Connection timed out