Dicas

Design Thinking na educação

Hoje a nossa postagem especial para os professores é sobre Design Thinking na educação. Antes de falar como aplicar ele na sala de aula, vamos explicar o que realmente quer dizer essa expressão que está tanto em alta.

A primeira informação que deve ficar clara é que design thinking não é uma metodologia, e sim uma abordagem que busca a solução de problemas de forma coletiva e colaborativa, em uma perspectiva de empatia máxima com seus stakeholders (interessados).

As etapas do design thinking podem, em geral, ser resumidas pelos seguintes passos:

1- Identificar onde encontrar oportunidades de inovação
2- Descobrir a Oportunidade de Inovação
3- Desenvolver a Oportunidade de Inovação (Produto ou Serviço)
4- Testar as ideias — protótipos
5- Implementar a solução

Mas como aplicar na sala de aula? Na área educacional essa abordagem funciona como uma proposta de ensino focada no ser humano, que objetiva integrar as necessidades individuais dos estudantes e promover a inovação de soluções que afetem desde os trabalhos em equipe até a construção de uma carreira profissional de sucesso. Com essa abordagem, os professores podem estimular a capacidade de cada aluno de pensar criticamente, preparando-os para melhorar, não só o ambiente escolar, mas o mundo como um todo.

Em uma sala de aula, o design thinking propicia a inovação e criatividade, propaga a empatia e incentiva o trabalho focando em soluções. As atividades que seguem essa abordagem são capazes de tornar o aluno mais participativo, aprimorando a sua capacidade de trabalhar em equipe e de se colocar no lugar do outro. E vamos sem sinceros, essas são habilidades importantes para ser bem-sucedido tanto na vida social como na profissional.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5206 ms: Connection timed out