Dicas

Ensine seu filho a não fumar

Por mais que os pais saibam a importância de conversar com os filhos sobre determinados temas, alguns são um pouco mais complicados que outros. E o cigarro (o mal que ele causa) deve fazer parte das conversas da família, principalmente quem tem filhos adolescentes, fase da vida onde a busca por coisas novas acontecem em uma velocidade muito grande. Dizer simplesmente um não ou, pior, ameaçá-los caso insistam no hábito tem efeito contrário. A conversa tem que ir além. Os pais podem realizar pesquisas sobre o tabagismo junto com os filhos, ler alguma matéria ou livro sobre o tema também pode facilitar o diálogo, principalmente se alguém da casa faz uso do cigarro.

Os pais devem ficar em alerta, pois nove em cada dez adultos que fumam iniciaram o vício bem antes dos 18 anos. Os dados do Ministério da Saúde são de deixar os pais muito preocupados. Seis em cada dez crianças entre 10 e 14 anos já deram suas tragadas. Nessa faixa etária, o número das que fumam diariamente chega a 400 mil. Somando todos os jovens em idade escolar, ou seja, entre 10 e 18 anos, cerca de 3 milhões já estão completamente dependentes da nicotina.

Mas o que fazer para que seu filho não engrosse essa triste estatística? Família e escolas devem andar juntas neste caso. A escola pode estimular o debate sobre o tema ao incentivar os alunos a fazerem uma peça teatral sobre o tema, por exemplo. Outra sugestão é aproveitar o estudo do corpo humano para mostrar o mal que a nicotina faz para a saúde.

Um trabalho bem interessante está sendo realizado Paraná (PR). O médico oncologista José Clemente Linhares, junto a um grupo de teatro, escreveu uma peça sobre o tema que já foi apresentada a mais de 15 mil adolescentes de escolas públicas, particulares e outras instituições. A encenação mostra o que nos faz procurar o cigarro e explica que devemos ser mais fortes do que a influência dos amigos ou da mídia, resume. Depois da apresentação os jovens debatem o assunto e escrevem depoimentos com sua opinião.

http://youtu.be/7xxJVkZe4-k

Compartilhe:

Postar um comentário

*
*