Curiosidades

O mapa do Brasil em 1822

Engana-se quem pensa que o mapa do Brasil na época da Independência é o mesmo dos dias atuais. Dando uma olhada nele veremos que aconteceram grandes mudanças. Dando uma olhada, notamos que na região norte, a área hoje ocupada pelo Acre, não pertencia ao Brasil, e que o estado do Amazonas também está com sua área reduzida. A região central, onde hoje se encontram os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, também tinha sua área reduzida. Já o sul do país, o estado do Paraná não existia, assim como Santa Catarina tinha um tamanho bem menor do que nos dias atuais. Ah! Sem falar do estado da Cisplatina, que hoje é o Uruguai.

Mas como ocorreram essas transformações? Bem, para o Brasil chegar ao que é hoje territorialmente falando, aconteceu de tudo um pouco. Até a compra de um Estado. Isto mesmo! A última área a ser anexada ao país foi o estado do Acre, que pertencia à Bolívia. Posseiros brasileiros invadiram a região e declararam uma república independente. O Brasil fez então uma proposta de 2 milhões de libras pela compra do Acre. A Bolívia aceitou e, em 1904, a região passou oficialmente a fazer parte do país.

Mas nem tudo foi feito a base da compra. Também tivemos, em alguns casos, a arbitragem de outros países. Entre 1895 e 1904, disputas territoriais com Argentina, Guiana Francesa e Guiana foram resolvidas pelos os presidentes Grover Cleveland (Estados Unidos) e Walter Hauser (Suíça) e o rei italiano Vittorio Emmanuel III. Os problemas de fronteira eram no oeste de Santa Catarina e Paraná, no Amapá e no leste de Roraima.

Em 1494, as duas potências da época, Portugal e Espanha, dividiram o mundo (com exceção da Europa) entre si com o Tratado de Tordesilhas. Pelo acordo, o Brasil que cabia aos portugueses incluía basicamente a atual Região Nordeste, quase todo o Sudeste e pequenas porções dos estados do Pará, Tocantins, Paraná, Santa Catarina e Goiás.

Como o Tratado de Tordesilhas nunca foi respeitado, isso influenciou, e muito, o mapa do Brasil. A união das coroas de Portugal e Espanha entre 1580 e 1640 permitiu aos portugueses uma expansão para o oeste. Em 1750, os dois países assinaram o Tratado de Madri, determinando que as terras pertenciam a quem de fato as ocupava. Assim, o Brasil dobrou, anexando de vez quase toda a Região Norte, a maior parte do Sul, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Com informações do Mundo Estranho/Superinteressante

Compartilhe:

5 Comentários

  1. laura
    Postado em 30 de março de 2016 às 17:15

    adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    • Varejito Bloguito
      Postado em 8 de abril de 2016 às 17:21

      Obaaaaaa! 😀

  2. laura
    Postado em 30 de março de 2016 às 17:16

    adorei

  3. brenda
    Postado em 25 de abril de 2016 às 23:32

    legal (Y)

    • Varejito Bloguito
      Postado em 27 de abril de 2016 às 13:19

      🙂

Postar um comentário

*
*