Dicas de Leitura

O mundo da música na literatura

A música tem uma relação grande com a escrita. Tanto as letras quanto as melodias são colocadas no papel. E a união dessas duas artes não é vista apenas na hora de se compor as músicas. Na literatura elas se completam.

No livro “Maluquices Musicais” (Editora Peirópolis), José Santos apresenta rimas e adivinhas sobre o mundo da música. Nas páginas ilustradas pelo inspirado Guazzelli, surgem músicos muito originais tocando incríveis instrumentos, tudo embalado em versos e histórias que encantam e divertem. Ao lado de personagens reais, como Chopin, Villa Lobos, Modesto de Assis e Mozart, surgem outros criados pelo poeta, como o pianista banguela, o teclado deslumbrado com a fama, o esqueleto tocador de harpa e muitos outros. Na base de tudo, o texto nos lembra, em ritmo e cadência, que poesia e música são antigas e eternas companheiras.

Já o Brinque-Book Canta e Dança faz um resgate das músicas infantis.
Mexendo e remexendo nossa imaginação, as cantigas aguçam a fantasia, levam-nos ao mundo do faz-de-conta, povoado por mitos, lendas, personagens, crenças, cores, influências, etnias e, até, fatos históricos; funcionam como importante ferramenta de entretenimento, informação e formação de um indivíduo. Mais:revelam a essência da alma de um povo. Com essa convicção, a Brinque-Book foi lá nas raízes da mistura de culturas, que formam a cultura brasileira, resgatar algumas dessas cantigas e, desse trabalho, nasceu o livro-CD Brinque-Book Canta e Dança. Ao todo, são 29 cantigas selecionadas por Suzana Sanson a partir das músicas trazidas pelos livros Brinque-Book Canta e Dança I (lançado em 1991) e Brinque-Book Canta e Dança II (lançado em 1994).
A coleção Teatro na Escola, de Ruth Salles, faz parte do projeto Dom da Palavra, desenvolvido pelo Instituto Artesocial. Seu objetivo é levar a poesia, o teatro e a música para as escolas, capacitando professores a utilizá-las como instrumento pedagógico, e dando às crianças e aos jovens a oportunidade de experimentarem estas artes como protagonistas. Declamando, interpretando e cantando, os jovens podem despertar para a fala e a atitude carregadas de significado, e aprender a se abrir diante do outro, diante do mundo e de si mesmos.

 

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out