Atividades Comemorações Curiosidades Dicas

Panetone: o pão de Toni na mesa de Natal

Apesar de estar nas prateleiras dos supermercados o ano inteiro, a grande magia do panetone acontece mesmo na mesa das comidinhas do Natal. De tão gostoso, ele não pode faltar de jeito nenhum. Na realidade, já é uma tradição, um símbolo do período natalino. Uma iguaria que não pode faltar na casa dos brasileiros. 

De origem italiana, o panetone surgiu no Norte da Itália, na Lombardia, por volta do século XVII. E, dentre tantas versões sobre sua criação, lenda ou não, uma delas diz que um jovem padeiro chamado Toni apaixonou-se pela filha do patrão e, para impressionar o mesmo, criou um pão de massa doce com frutas e passas e formato de uma cúpula de igreja.

A novidade agradou a todos da cidade, que passaram a pedir o “Pane Di Toni”, pão de Toni, que passou depois a ser chamado de panetone. Na Itália existe uma versão minimalista do panetone. O pandoro é apenas a massa, sem qualquer tipo de recheio. Sua origem está na cidade de Verona, que também fica no norte do país, onde o panetone nasceu.

No Brasil, a receita chegou através da Bauducco, que começou a comercializar o produto no fim da década de 1950, em 1948. A receita provavelmente chegou ao país com a onda de imigração que aconteceu depois da Segunda Guerra Mundial na fuga do país que estava destruído.

Hoje a receita já ganhou várias versões, inclusive o de chocolate, chamado de Chocotone. Mas hoje vamos ensinar uma receita do panetone tradicional. Que tal tentar fazer esta delícia em casa? Confira a receita tradicional:

Ingredientes

Massa:

– 1kg  de farinha de trigo

– 4 tabletes pequenos de fermento biológico fresco

– 200 gramas de manteiga

– 1 ½ xícara (chá) de açúcar

– 1 pitada de sal

– 6 gemas de ovos

– 1 ½ xícara (chá) de água morna

Recheio:

– 2 xícaras (chá) de frutas cristalizadas

– ½ xícara (chá) de nozes picadas

– 1 ½ xícara (chá) de uvas passas pretas

Modo de preparo:

Em uma tigela, coloque a água morna, a farinha de trigo e o fermento. Misture e deixe descansar por 10 minutos. Em seguida, acrescente a manteiga, o açúcar, as gemas, o sal, a farinha e a água morna. Misture até obter uma massa homogênea e deixe descansar por 40 minutos ou até ela dobrar de volume. Em outra tigela, misture as frutas cristalizadas, as nozes, as uvas passas e reserve. Divida a massa em quatro partes. Abra cada uma das partes e espalhe o recheio. Enrole como um rocambole, una as pontas e coloque em uma forma para panetone. Repita a operação com as outras partes da massa e deixe descansar por 10 minutos. Coloque uma colher de margarina sobre cada panetone e leve para assar em forno pré-aquecido a 200°C por 40 minutos ou até dourar.

Ah, uma última dica: sobrou panetone? Que tal fazer torrada? É uma delícia com queijo do reino, requeijão ou apenas com manteiga. 

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5207 ms: Connection timed out