Curiosidades

O uso dos talheres na alimentação: história e curiosidades

Todo dia a gente se alimenta e prepara receitas na cozinha com a ajuda deles. Mas nem nos damos conta de que esses objetos tão simples, que fazem parte do cotidiano da gente, há muito tempo atrás não eram usados, sequer inventados. O uso deles já foi motivo de distinção, como sendo um hábito dos nobres. Sim, são eles, os talheres: o garfo, a faca, a colher.

Registros mostram que o garfo existe desde 600 anos a.C., possuía apenas dois dentes e era usado apenas para espetar e servir o alimento. Quando foi criado, em meados do Renascimento, foi considerado muito estranho, pois os indivíduos achavam melhor se servir com as mãos, tendo se popularizado na Revolução Francesa. E durante muito tempo, este utensílio foi proibido pela igreja, por se assemelhar à forquilha utilizada nas imagens de representação do diabo. No século XVIII ele passou a ser feito como utilizamos hoje, com quatro dentes.

E foi na França que a rainha Catarina de Médici trouxe os utensílios completos, sendo instrumentos utilizados em banquetes da realeza, pelo rei Luís XIV. Hoje, saber usar os talheres de maneira correta vem da época do rei francês: um garfo específico para comer o peixe, o uso do garfo na mão esquerda e a faca na mão direita para levar a comida à boca, bem como sua disposição na mesa, entre outros modos, faz parte das regras de etiqueta social e do bom comportamento à mesa até os dias atuais. Mas estas regras foram feitas simplesmente por um motivo: elas foram criadas para pessoas destras, pois os canhotos eram discriminados naquela época.

Já a faca, esta foi inventada na Pré-História para que os homens primitivos pudessem se defender. Era feita de pedra e depois passou a ser feita de ferro e bronze. Com o passar do tempo o homem pré-histórico passou a usar para cortar carne. Mas só veio a ser comumente utilizada para fazer a refeição, por volta de 1630.

E a colher? Esta foi criada depois da faca e antes do garfo, e também tem diversos usos e tamanhos: para sobremesa, para a sopa, para o café. Os gregos a utilizavam para comer ovos e mexer os alimentos durante o preparo dos alimentos. Somente no Século XVII foi que passou a ser utilizado junto ao garfo e faca. Sua concepção se deu a partir da concha dos moluscos e foi criada para se tomar sopas e cremes.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5206 ms: Connection timed out