Posts Recentes

Os Incas: a civilização da América do Sul

Hoje nós vamos aprender um pouco mais as civilizações pré-colombianas. Esta semana é a vez dos incas, um povo que viveu aproximadamente de 3.000 antes de Cristo a 1.533 depois de Cristo, com mais abrangência no Peru, além de influenciar territórios do norte do Chile, Bolívia e Equador, nas regiões dominadas pela Cordilheira dos Andes. É do império inca um dos mais buscados destinos da América do Sul: Machu Picchu, no Peru, que foi construída no século XV sob as ordens de Pachacuti. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do império inca.

Apesar de ser antiga, a sociedade inca desenvolveu-se com mais força a partir do século XII, englobando uma série de povos no decorrer de um longo processo. No século XIV, em seu auge, encontravam-se sob o poder inca cerca de 20 milhões de pessoas nos territórios citados acima. Este poder era centralizado na figura de um soberano, denominado inca (“o filho do sol”), que era considerado quase um deus.

Falando em religião, os incas eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses como o trovão, a chuva, a Lua e o Sol. Além disso, eles sacrificavam animais e humanos em honra aos deuses que cultuavam e para grandes ocasiões, como nas sucessões imperiais. A capital do império inca fica onde está a atual cidade de Cusco, onde havia o maior templo de culto ao deus Sol, o principal dessa civilização.

Os incas tinham uma língua própria, o quéchua. Essa língua era falada por todo o território em vários dialetos. Outros povos conquistados pelos incas podiam manter seu idioma original, desde que falassem o quéchua como língua principal. Hoje, quase a metade da população do Peru ainda usa o idioma.

Já a escrita não era tão desenvolvida. Mas criaram um complexo sistema para números na forma de nós distribuídos em uma corda. Apenas pessoas especialmente treinadas entendiam essa contagem, cujo significado não foi totalmente decifrado até hoje.

Outro ponto importante que merece destaque é o conhecimento astronômico. Eles eram capazes de aplicar conceitos de matemática e geometria nas suas construções. Apesar disso, a tecnologia de construção dos incas era relativamente simples, fazendo uso em especial de artefatos de pedra. E por falar em construção, eles fizeram um incrível complexo de estradas ligando todo o império. O sistema tinha duas vias principais no sentido norte-sul: uma, com cerca de 3 600 km, corria ao longo da costa do Pacífico e a outra, com quase a mesma extensão, seguia pelos Andes.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out