Curiosidades

Um passeio pelo Agreste pernambucano

Um passeio pelo agreste de Pernambuco

Já que embarcamos para o interior, mas precisamente para o Agreste através da II Bienal Internacional do Livro, vamos aproveitar e conhecer um pouco mais sobre essa mesorregião do Estado de Pernambuco. Mas você sabe o que é uma mesorregião? Bem, ela é uma subdivisão dos estados brasileiros que congrega diversos municípios de uma área geográfica com similaridades econômicas e sociais.

Uma das cinco mesorregiões de Pernambuco (as outras são a do São Francisco, a do Sertão, a da Zona da Mata e a da Região Metropolitana), a do Agreste é formada  por 71 municípios, distribuídos em seis microrregiões: a do Alto Capibaribe, a do Brejo Pernambucano, a de Garanhuns, a do Médio Capibaribe, a do Vale do Ipanema e a do Vale do Ipojuca.

Em termos de contingente populacional e expressão econômica, os dez maiores municípios da Mesorregião do Agreste Pernambucano são Caruaru, Garanhuns, Santa Cruz do Capibaribe, Gravatá, Belo Jardim, Pesqueira, Surubim, Bezerros, São Bento do Una e Limoeiro. Juntas, as populações desses municípios somam cerca de 1,8 milhões de habitantes, o que representa um quarto da população do estado. Já a área ocupada, superior a 24 mil quilômetros quadrados, equivale a 24,7% do território pernambucano.

Localizado numa área de transição entre a Zona da Mata e o Sertão, o Agreste, devido à variedade climática, não recebe uma distribuição homogênea de chuvas, mas há um aspecto comum aos municípios que o compõem: com maior ou menor participação, todos contribuem para o desenvolvimento social, econômico, cultural e artístico do Estado de Pernambuco.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out