Curiosidades

Vamos falar de bactérias? Elas podem ser boas e ruins!

No nosso dia a dia elas nos rondam, e podem estar em toda parte: no ar, na água, no solo e no nosso corpo. Umas são boas, outras ruins. Umas nos trazem benefícios, outras trazem doenças. São elas, as bactérias de quem estamos falando. Aí agora que você já sabe que quem se trata, pergunta: e tem bactéria boa? Tem sim. Mas afinal, o que danado são bactérias, então? Podemos dizer que as bactérias são organismos, que não possuem núcleo, são simples e possuem variados tipos delas. Não podem ser vistos a olho nu, só no microscópio, viu? E mesmo sendo tão pequenas se reproduzem numa velocidade muito grande e podem causar muitos estragos.

E se é pra falar das bactérias, vamos falar logo da parte boa, né? Elas são responsáveis por a Terra ter sido habitável há bilhões de anos atrás. Elas colocaram oxigênio na atmosfera e continuam mantendo este mesmo oxigênio na nossa atmosfera, ou seja, responsáveis pela continuidade da existência de todos os seres vivos.

No nosso corpo, apesar da gente não ver, ou nem saber muitas vezes, as bactérias vivem dentro de nós, no nosso organismo, e quase tudo que temos de bom ou ruim deve-se a elas. Umas vivem no nosso intestino, e são responsáveis pela manutenção da nossa flora intestinal, mantendo o equilíbrio para que não tenhamos dor de barriga. Outras moram nos nossos órgãos genitais e fazem bem. Quando em desequilíbrio, pode dar tudo errado ao invés de ser bom.

Sem as bactérias, quando o corpo morre, não seria possível se decompor. Bem como ajudar a decompor os restos da natureza, transformando folhas velhas em adubo, por exemplo. Já nos alimentos elas estão presentes no iogurte, no leite fermentado que toda criança gosta e ajuda a manter a imunidade em dia. Mas calma, não vá por aí achando que toda bactérias é boa e pode estar no seu corpo, no seu alimento! A higiene é sempre bem vinda nestes casos.

É aí que vem a parte em que falamos mal delas. Vamos entender a parte ruim das coitadas das bactérias, sim. Afinal, algumas são bem nocivas e podem até matar. De inocentes, elas não tem nada, viu, gente? As bactérias já foram historicamente responsáveis por doenças que mataram muita gente, na época em que não se sabia muito sobre elas. São elas as responsáveis pela peste bubônica que dizimou populações inteiras na Idade Média. Elas também são as responsáveis pelo tétano, tifo, pneumonia, tuberculose, difteria, hanseníase, meningite, cólera, escarlatina, gonorreia e tantas outras doenças, que só podem ser curadas se tomarmos remédios à base de antibióticos, que vão combater cada tipo de bactéria.

Elas são tão perigosas que podem ser transmissíveis de um ser vivo para outro. E foi graças a um cientista e estudioso que elas foram descobertas. Através de várias observações e pesquisas, Louis Pasteur descobriu em 1865 como elas se multiplicavam e causavam doenças. E cada uma tem uma cor e formato diferente, com um propósito mais diferente ainda. Tem bactéria em forma redonda, espiral, bastão, etc. São os cocos, os bacilos, vibriões (em forma de vírgula), espirilos, etc.

Por isso quando ficamos doentes, somente podemos ficar bons, quando tomamos remédios à base de antibióticos, que foi um grande invento, uma grande descoberta!

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out