Comemorações

06 de Março, dia da Revolução Pernambucana

layout_facebook_150303_3

Dentro da história do Brasil, Pernambuco sempre teve uma presença forte e marcante na política brasileira. Foram aqui que aconteceram algumas batalhas e revoluções, como a Revolução Pernambucana, que teve seu início no dia 06 de março de 1817. Naquela época, os revoltosos queriam proclamar a República e com isso acabar com o sistema de governo existente, que era a monarquia.

Mas a revolução não aconteceu por acaso. Os pernambucanos reivindicavam melhorias e protestavam contra determinadas medidas que o governo. Os principais fatores foram:

1- Os gastos da Corte no RJ: Vieram juntamente com a Família Real cerca de 15.000 pessoas que eram sustentadas pelo governo. A maioria (nobres e funcionários do governo português) passou a ocupar os principais postos na administração (tinham esses cargos somente para receber pagamentos). Havia também os gastos com comidas, roupas, festas, etc. O governador de Pernambuco era obrigado a enviar grandes somas de dinheiro para o Rio de Janeiro e com isso, atrasava o salário dos soldados causando um descontentamento geral no povo brasileiro.

2- Rivalidade entre Brasileiros e Portugueses

A mudança da Corte para o Rio de Janeiro deixou Portugal arruinado, pois o país perdeu o monopólio sobre o comércio colonial e passou a ser dependente da Inglaterra. Por causa disso, muitos portugueses vieram para o Brasil para tentar uma vida melhor. Começaram a trabalhar em vários lugares (repartições públicas, casas comerciais, indústrias) tirando o lugar de muitos brasileiros.

3- Influência da Independência dos EUA: Vários países da América queriam seguir o exemplo dos americanos.

4- Influência da Revolução Francesa: Os ideais da Revolução Francesa influenciaram muitas nações.

5- Colônias Espanholas: Algumas Colônias Espanholas eram independentes

Nesse contexto de tantas insatisfações e problemas, os proprietários de terra e outros brancos livres pobres organizaram o movimento. Após derrotarem as tropas defensoras de Portugal, os revoltosos formaram um governo provisório composto por cinco membros. Além disso, estabeleceram a formação de um grupo de emissários que difundiriam o movimento em outras capitanias do Brasil e algumas nações europeias.

Logo que soube do ocorrido, o governo português organizou tropas na Bahia e no Rio de Janeiro com o objetivo de abafar o levante. Enquanto as tropas terrestres tomavam as regiões do interior, a cidade do Recife foi cercada por embarcações que interromperam a comunicação da capitania com outras regiões. Os lideres acabaram sendo presos e executados.

Curiosidade: Em 2007, o dia 6 de março foi declarado a Data Magna de Pernambuco, por causa da Revolução Pernambucana. Mas em 2009, o Governo de Pernambuco aprovou nova lei, alterando a Data Magna do Estado para o primeiro domingo de março.

Fonte: Brasil Escola e Infoescola

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out