Curiosidades

De onde vem os símbolos de Natal?

O Natal é uma das épocas mais esperadas do ano por todos. De maneira geral, esta data tão especial traz felicidade, nostalgia e esperança às pessoas. Entretanto, para muitos, não dá para passar pela época natalina em branco. Se não tiver alguns símbolos decorando e enfeitando as residências, shoppings, lojas, entre outros, não é Natal.

A verdade é que nem todos os símbolos do Natal estão ligados ao nascimento do Menino Jesus. Muitos são influências de outras culturas. Para quem não sabe, esta data comemorativa foi criada pela igreja católica, por volta do ano 350, pelo Papa Julio I. E, o maior símbolo de todos é o Papai Noel. E ele existiu, sabia? O personagem foi inspirado em São Nicolau, um arcebispo de Mira, na Turquia, no século IV, que presenteava, de forma anônima, as pessoas mais necessitadas, com moedas de ouro e colocando nas chaminés.

Vamos conhecer os detalhes de cada símbolo tradicional do Natal:

Árvore de natal

Ela nada mais é do que um pinheiro. E sua simbologia vem dos países bálticos, dos povos pagãos. No solstício de inverno eles cortavam os pinheiros e levavam para casa e enfeitavam de forma bem parecida como arrumamos a nossa, com colas, laços e estrelas.

Estrela natalina

Colocamos no topo da árvore e simboliza, segundo a tradição cristã, a estrela que guiou os Reis Magos até o local de nascimento do Menino.

Presépio

Todo mundo sabe que representa o berço em que o menino Jesus foi colocado. E, os presentes que colocamos debaixo da árvore, é uma representação dos presentes oferecidos ao Jesus Menino pelos Reis Magos. 

Ceia natalina

Ceia de Natal originou-se do antigo costume europeu de deixar as portas das casas abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos, e esses, juntamente com a família hospedeira, confraternizavam aquela data tão significativa para os cristãos. Então, a ceia natalina simboliza a confraternização, costume praticado pelo povo europeu.

Guirlanda

A Guirlanda é um símbolo que representa sorte, normalmente é pendurada na porta e é vista como um convite para o espírito natalino entrar em casa. Como é uma tradição milenar, existem outros significados curiosos para esse enfeite. 

Sino de Natal

Esse símbolo representa o anúncio do nascimento de Jesus. Isso porque, além de sinalizar as horas, o toque dos sinos avisa as pessoas para se reunir para um acontecimento. Usados na decoração das árvores e das portas, os sinos também são lembrados nas músicas natalinas. A mais conhecida é “Bate o sino”.

 

Coroa do Advento

É uma espécie de guirlanda onde se coloca quatro velas, uma para cada semana antes do Natal. Muito mais do que um bonito objeto de decoração, para os cristãos a coroa do Advento é um anúncio do Natal. O seu formato simboliza eternidade e as suas folhas verdes, a esperança. A origem da Coroa do Advento data do ano 1839 e foi usada como uma forma de contagem para as crianças que ansiavam pela chegada do Natal.

Panetone

O “pani de Toni” teria surgido de um engano na véspera de Natal. De origem italiana, diz a lenda que Toni, empregado de uma padaria, estava exausto do trabalho decorrente das encomendas no Natal. Por esse motivo, acabou se enganando quando fazia um pão para a ceia da família do seu patrão na véspera do Natal. Essa iguaria não pode faltar na mesa dos brasileiros.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5206 ms: Connection timed out