Autores

Do livro para o cinema: um pequeno príncipe nas telas

Ele foi lançado nos anos 40. Mas até hoje encanta gerações e está mais atual do que nunca. Tanto que o filme será lançado nacionalmente esta semana. Estamos falando de nada mais do que a obra O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, livro em língua francesa mais vendido no mundo, cujas ilustrações foram feitas pelo próprio autor.

A história se desenrola a partir do momento começa quando o menino fala sobre um desenho que fez aos seis anos, onde uma jibóia engolira um elefante. Entretanto, todos acharam que ele desenhara um chapéu. Depois, ele torna-se piloto e, voando, seu avião tem um problema e acaba indo parar no “Deserto do Saara”. Ao tentar consertar, ele dorme e depois de acordar encontra-se com um menino de “cabelos de ouro”. O personagem descobre que o menino vive no asteroide B 612, e que só tem uma rosa que fala com ele, e que tem três vulcões (um deles está extinto), e que o principezinho assiste quarenta e três pôr-do-sol para se divertir ou quando está triste.

Apesar da presença de dois personagens e do registro de um diálogo entre o aviador e uma criança, diversos aspectos autobiográficos estão presentes nesta narrativa. Através de imagens simbólicas, as passagens de ordem temporal, na vida do autor, estão ali presentes: casamento/separação, profissões, sonhos, decepções. Os dois personagens tornam-se representações do próprio Saint-Exupéry, em um monólogo interior entre o “eu” e o “outro”.

Que tal aproveitar que o filme será lançado para ler o livro também? Assim você pode entender melhor sobre o autor e sua obra e como ela ganhou vida no cinema.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5204 ms: Connection timed out