Curiosidades

E se não existisse sabão pra lavar roupa?

“Lava roupa todo dia, que agonia”…..já dizia a música. Mas já pensou que agonia maior seria se não existisse o sabão? Todo dia lavamos a mão com sabonete, as roupas, a casa e tantas outras coisas com sabão. Pois é, de tão simples, a gente acaba não dando importância a tantas coisas úteis em nosso dia a dia, e o sabão é uma delas.

Na verdade, como quase tudo em nossa vida, o sabão foi descoberto por acaso. Dizem que nada mais é do que uma reação química entre um ácido graxo (gorduras e óleos de origem vegetal ou animal) com um material alcalino, geralmente à base de hidróxido de sódio (NaOH), conhecido por soda cáustica. Nos primórdios, era feito da mistura da gordura animal com as cinzas de madeira, que possuem substancia alcalina. Provavelmente foi feito por acaso, com a gordura contaminada pelas cinzas. Durante um período de nossa história, foi considerado um artigo de luxo, que era produzido na Europa, principalmente, na França e Itália.

Mas antes de se tornar um produto de limpeza, os romanos na Antiguidade o utilizavam como emplastro para o tratamento de ferimentos e queimaduras. Mas há um fato curioso nessa história: antes de se descobrir o sabão, as roupas eram lavadas com urina humana Isso mesmo!). Isso porque o nosso xixi tem em sua composição o amoníaco, que é utilizado hoje em dia, na composição de alvejantes. Ainda bem que descobriram o sabão, caso contrário até hoje nossa roupa teria um cheiro nada agradável, não é mesmo?

Já no século XIX, foi criado o sabonete e em seguida, o detergente. Nos anos 50, após a Guerra, com a escassez do produto, o detergente passou a incluir o petróleo em sua composição.

Atualmente, muitas pessoas fazem sabão reciclado, com a gordura que é descartada em nossas casas, a partir do óleo de cozinha. É uma forma sustentável de reciclar uma substância que iria pro lixo, poluindo nosso meio ambiente. Quer ser ecologicamente correto? Junte a gordura que seria descartada após as frituras em recipientes e procure locais e supermercados que recolhem gordura para reciclagem. O planeta agradece.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out