Dicas de Leitura

Histórias de coçar a cabeça

 

E quando o piolho pula da vida real para a literatura? Isso é possível sim. No livro Marcelo está com piolho, de Christiane Noyer (Ed. Cia das Letrinhas), o personagem principal, Marcelo, tem uma noite muito ruim. Claro, passou a noite coçando a cabeça. Num minuto sua mãe descobre a razão de tanta coceira: piolhos.

Envergonhada com a situação, ela acha melhor não dizer nada na escola e pede ao filho que não toque no assunto com os colegas. Naquela noite dará um jeito no problema: vai lavar o cabelo do menino com um xampu inseticida. Ao chegar à escola, Marcelo não consegue guardar segredo: logo conta a novidade para Luísa, sua namorada, com a condição de que ela não conte para ninguém. Mas Luísa não aguenta e conta para Julieta, sua melhor amiga. E em pouco tempo todo mundo fica sabendo. O resultado é que ninguém mais quer chegar perto dele, e Marcelo acaba sozinho no fundo da classe.

Como não é bobo, ele sabe muito bem que, se ninguém está falando com ele, é por causa daqueles indesejáveis visitantes. Mas bastam duas frases da professora querida para que as crianças se deem conta de que não devem dar tanta importância a alguns piolhinhos metidos.

 

O livro Couro de piolho, de Luís Câmara Cascudo (Ed. Global), conta a história de uma princesa que estava sendo penteada pela ama quando esta encontrou um piolho. O conto “Couro de Piolho” acorda a criança que há em todas as pessoas, encantando-a com a capacidade que tem o personagem de acreditar na possibilidade de realizar uma proeza, mesmo que tudo pareça contrário. Além disso, o conto valoriza a pessoa de João – suas atitudes, sua pureza, sua forma de lidar com as pessoas – vencendo, através da inteligência e de uma “ajuda mágica”, os obstáculos.

Já o livro Catando piolhos, contando histórias, de Daniel Munduruku (Ed. Brinque Book), mostra as memórias de infância de um menino indígena. Ele nos fala das tradições de seu povo Munduruku transmitidas pela narrativa oral nos momentos felizes quando, sentado na aldeia, no colo dos mais velhos ou ao pé da fogueira, ouvia histórias enquanto eles catavam piolhos em seus cabelos e lhe faziam carinhos na cabeça. O livro tem oito histórias, algumas delas são mitos, outras lendas dos espíritos da floresta e outras, lições de vida ou narrativas de memórias das brincadeiras inocentes.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5206 ms: Connection timed out