Dicas de Leitura

Leituras para conhecer Marina Colasanti

Essa semana conhecemos um pouco mais sobre a escritora Marina Colasanti, por isso, as dicas da semana são algumas de suas obras. A primeira sugestão é O lobo e o carneiro no sonho da menina. Era uma vez um lobo. Era vez uma menina que tinha medo do lobo. O lobo morava no sonho da menina. Quando ainda a menina dizia que não queria dormir porque tinha medo do lobo, a mãe respondia: – Bobagem, menina, sonho é sonho. Ela ainda estava tentando se convencer (…) quando deu de cara com carneirinho. (…) E logo ficaram amigos. Mais uma história em que Marina Colasanti desafia o jovem leitor a desvendar com ternura suas metáforas. Perceber e identificar os lobos e os carneiros, presentes nos sonhos diurnos e noturnos, e mergulhar no jogo entre o real e o imaginário, é uma tarefa enriquecedora para o desenvolvimento afetivo do adolescente, é uma possibilidade de compreender melhor os elementos quase que indecifráveis que a realidade lhe oferece.

lobo_carneiro

A segunda indicação é Um amor sem palavras. Uma sombra, acreditando estar sendo desprezada por sua amiga, uma árvore, muda-se, repentinamente, em busca de um outro lugar em que poderia se sentir mais útil e mais feliz. Porém, mesmo longe, não consegue deixar de sentir saudades, de se preocupar com sua companheira de muitos anos. Juntas desde o começo, as duas. A árvore ainda era muda, pequena, sem tantas garantias de vida… (…) e a sombra já se desenhava magrinha, contando com a resistência da outra para sobreviver. Mais uma história de Marina Colasanti para, primeiro sentir, depois pensar e depois aprender. Aprender como se pode aprender com um bom texto literário – conhecer personagens inusitadas, ler as metáforas, as entrelinhas, as frases incomuns. Sensibilizar a criança desde cedo para o contato e compreensão do discurso literário é proporcionar-lhe momentos de prazer.

amor_sem_palavras

Por fim, a sugestão é a publicação Do seu coração partido. Os contos reunidos nesta obra levam o jovem leitor a terras distantes e a vivenciar, de forma simbólica, os mais profundos sentimentos humanos: amor, medo, ciúme, liberdade e tristeza, entre outros. Sobre o universo ficcional e literário, Marina Colasanti comenta: A narrativa não funciona somente como intermediário entre nós e o mundo. Ela é também mediadora entre nós e nós mesmos, entre aquilo que em nós é consciência, razão controle, e aquilo que é sentimento, inconsciente, impulso. A narrativa nos aproxima daquilo que não sabemos. (…) Literatura é isso, um texto com face oculta, fundo falso, passagens secretas, um tesouro escondido que cada leitor encontra em um lugar diferente e que para cada leitor é outro. A leitura do livro Do seu coração partido possibilita ao aluno-leitor descobrir passagens secretas para uma compreensão melhor de si mesmo e do mundo.

coracao_partido

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5225 ms: Connection timed out