Dicas de Leitura

Leituras sobre histórias, lendas e mitos populares

A semana está cheia de histórias e lendas. E a primeira indicação de leitura é o livro Caipora Cumade Fulozinha, de Elita Ferreira. A Caipora é uma das muitas lendas da Zona da Mata Sul de Pernambuco. Qual o caçador que se preza não leva em seu alforje um “agrado” para a Senhora Dona das Matas?!

Caipora Cumade Fulozinha

E quem se atreve a caçar só por brincadeira… coitado! Vai se ver em maus lençóis! A Cumade Fulozinha, menina ainda, para proteger as matas, é capaz de realizar trelas, confundir caçadores, transformar-se em animais e botar garotos curiosos em seus devidos lugares, como fez com Tião e Inácio! Com ela, eles aprenderam a respeitar e amar a Natureza.

Ladrão de Órgãos e Outras Lendas Urbanas

Aproveitando o ensejo sobre lendas, a segunda dica é a obra Ladrão de Órgãos e Outras Lendas Urbanas, de C.Campos, F.Muniz, M.Filho e S.Souza. Neste livro você encontrará oito histórias de quatro autores diferentes, em que famosas lendas urbanas ganham novas versões. Carmen Lucia Campos apresenta um dos casos do ladrão de órgãos que ataca jovens imprudentes e revela uma das paixões da noiva cadáver. Flávia Muniz conta o que pai e filha fizeram para enfrentar a maldição do corpo-seco e descreve uma das aparições do temível chupa-cabras. Manuel Filho apresenta a história da mulher do táxi que tanto atormenta uma adolescente e fala de um menino que encontra o homem do saco. Shirley Souza relata um ataque da loira do banheiro e revela a mensagem oculta na música de uma banda de sucesso. Oito contos onde o impossível ganha tons de verdade e pode tornar-se realidade bem aí, ao seu lado.

Lendas do Folclore Popular

Por fim, a dica é o Lendas do Folclore Popular, de Beto Brito. Ninguém sabe ao certo como surgiram as lendas que sobrevivem no imaginário popular, transmitidas de geração para geração. Acredita-se que tenham vindo com os imigrantes e, aqui no Brasil, misturaram-se às tradições indígenas. Muitas tentam explicar a natureza e seus mistérios. Fantásticas ou aterrorizantes, mas sempre divertidas, as lendas aqui reunidas são apresentadas sob a forma de versos cantados pelos “compadres” Zé Fragoso e Chico Simas. As ilustrações são engraçadas e caricaturais e lembram os cordéis nordestinos, riquíssimas expressões da tradição popular de nossa gente. E é assim que os dois “compadres” convidam crianças de todas as idades a se deliciarem com as histórias da Cabra-Cabriola, do Boitatá, do Papa-figo, do Uirapuru…

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out