Curiosidades

O que seria do mundo sem os veículos de comunicação?

Se pararmos para pensar na resposta da pergunta acima fica até difícil de imaginar a vida sem a imprensa. Como podemos viver sem saber o que acontece no mundo? Imagine a vida sem a televisão, o rádio, o jornal impresso e a internet? Além da finalidade de transmitir notícias, a imprensa tem um papel muito importante, que é a defesa dos direitos humanos. Denunciando as injustiças que acontecem ou podem acontecer, a imprensa é a maior garantia de defesa da liberdade com que conta o cidadão.

Como surgiu a imprensa – Até o século XV não existia o que hoje chamamos de imprensa. Tudo começou com um alemão chamado Gutemberg, que foi o inventor do processo de impressão com tipos móveis, e do aperfeiçoamento desta máquina que nasceu a verdadeira imprensa.

A história da imprensa no Brasil tem seu início em 1808 com a chegada da família real portuguesa, sendo até então proibida toda e qualquer atividade de imprensa — fosse a publicação de jornais, livros ou panfletos. Esta era uma peculiaridade da América Portuguesa, pois nas demais colônias europeias no continente a imprensa se fazia presente desde o século XVI.

O primeiro jornal diário brasileiro, o “Diário do Rio de Janeiro”, foi para as ruas no dia 1° de junho de 1821. O jornal foi fundado por Zeferino Vitor Meireles, que trabalhava na imprensa Régia e onde por concessão especial do Príncipe Regente, imprimiu os primeiros números do jornal.

Pernambuco tem o jornal mais antigo em circulação na América Latina, que o Diario de Pernambuco. Fundando em 07 de novembro de 1825, três anos após a Independência do Brasil. No mundo o jornal mais antigo em circulação é o holandês Haarlems Dagblad, fundado em 1656 – 355 anos atrás! O campeão anterior, o sueco Post och Inrikes Tidningar, parou de circular em janeiro de 2007, depois de 362 anos.

http://youtu.be/_qtDPUAuK5c

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5209 ms: Connection timed out