Curiosidades

Os problemas do êxodo rural brasileiro

Você já ouviu falar de êxodo rural? O termo é o nome dado quando trabalhadores rurais saem do campo e migram para os centros urbanos, as cidades, em busca de trabalho e melhores condições de vida, além do acesso a serviços inexistentes na zona rural.

O fenômeno populacional aconteceu com maior intensidade em meados do Século XX, por ocasião do plano de metas do, então presidente, Juscelino Kubitschek (JK), quando houve a chamada “revolução industrial brasileira”. O período é marcado pelo fato de muitas indústrias terem se instalado no País, o que gerou maior oferta de emprego nas cidades. Sem falar que na época, a construção do nosso atual Distrito federal (Brasília) também foi um dos motivos desse êxodo rural, pois os camponeses saíram do Norte e do Nordeste, principalmente, para trabalhar na construção.

O êxodo foi motivado por conta do processo de mecanização da agricultura, ou seja, a implantação de máquinas que substituíram a mão de obra camponesa, deixando muitos trabalhadores sem função. Com isso, aconteceu uma queda na população rural em todo o País e, consequentemente, diminuiu a produção de alimentos.

Essa migração alavancou muitos problemas, pois levou ao crescimento desordenado das cidades, que não possuíam infraestrutura para receber uma população tão grande. Com isso, houve criação de moradias inadequadas, serviços de saúde precários, más condições de vida, saneamento básico ruim, entre outros. Todos estes fatores contribuíram para a raiz de tantos problemas sociais que temos hoje, a exemplo da violência urbana.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5204 ms: Connection timed out