Curiosidades

Por que chove no verão?

Verão é sinônimo de sol, praia e mar. Mas já notou que no verão também temos alguns dias de chuva? E o mais interessante: segundo o IPMet – Instituto de Pesquisas Meteorológicas, em algumas regiões, chove no inverno, cinco vezes menos do que no verão. Isto quer dizer que o verão, apesar de muito sol, é uma estação mais chuvosa do que o inverno. E a gente pensa que é ao contrário não é?

Chove mais no verão porque o ar fica mais quente e com maior capacidade para armazenar a umidade (vapor) que, em grande quantidade, se transforma em chuva. O sol forte faz a água dos mares, rios, lagos e florestas evaporar com muita facilidade. Assim, formam-se nuvens gigantescas, chamadas Cumulonimbus, com mais de 10 mil metros de altura. Parecem uma esponja gigantesca que vai se encharcando cada vez mais. Quando estão carregadas, despejam essa água evaporada sobre a superfície da terra.

Nesta estação do ano, mudanças no ambiente, como os ventos que trazem muita umidade da região Amazônica até o Sudeste, também contribuem para aumentar a quantidade de chuvas. As tempestades são ainda mais intensas nos centros urbanos por causa da falta de vegetação e do calor que fica preso entre grande número de construções.

A época de chuvas vai de dezembro a fevereiro nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, no Sul da Amazônia e no Norte da região Sul. No Nordeste, as chuvas desse tipo são mais frequentes em fevereiro e março. Em geral, os aguaceiros de verão são bem fortes, acompanhados de ventos, muitos raios e trovoadas. No entanto, duram pouco tempo.

Cuidado com os raios – Raios são comuns durante as chuvas de verão. Ocorrem principalmente por causa do granizo que se forma dentro das nuvens. Essas pedrinhas de gelo se movimentam muito, chocando-se entre si. Esse bate-bate provoca cargas elétricas. Quando a nuvem não aguenta mais a gigantesca quantidade de energia, elimina a eletricidade na forma de raio. É um dos fenômenos naturais que mais matam no planeta, e o Brasil é campeão mundial de incidência de raios. Por isso, nessa hora procure abrigo em um edifício. Nada de ficar embaixo de árvores, que são frequentemente atingidas pelas descargas. Se não achar nenhum ponto seguro, deite-se no chão. Os raios sempre procuram lugares altos e pontudos para descarregar a eletricidade.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5202 ms: Connection timed out