Curiosidades

Quais são as diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal?

Sabemos que a língua portuguesa falada no Brasil apresenta algumas diferenças em relação à língua falada em Portugal. Também não seria diferente. Se aqui no Brasil cada região tem uma forma de falar, imagina quando comparamos dois países. Mas quais são as reais diferenças?

As maiores diferenças são fonéticas, ou seja, a forma como se pronunciam as palavras. Mas também existem diferenças no uso gramatical. Quer um exemplo? O português europeu não usa gerúndio, embora ele exista na gramática. Também existia diferença na grafia, como o uso de consoantes mudas (em Portugal, escrevia “actual” ao invés de “atual”), mas isso mudou com o acordo ortográfico que entrou em vigor em janeiro de 2016 (saiba mais AQUI)

O português foi estabelecido como língua oficial do Brasil em 1758, mas nessa época o contato com povos indígenas e escravos africanos já havia alterado a língua falada por aqui. Os africanos que chegaram como escravos não frequentavam escolas e portanto aprendiam português na oralidade, criando diferenças em relação à língua original.

Já no final do século 19 chegaram ao Brasil imigrantes europeus e asiáticos, que promoveram novas mudanças na forma de falar do brasileiro. Em outras colônias portuguesas, como Angola e Moçambique, a mistura de povos foi menos intensa e a independência ocorreu há muito menos tempo. Por isso, fala-se um português mais parecido com o europeu, embora também existam sotaques regionais.

Vamos conhecer algumas palavras que são escritas de um jeito no Brasil e de outro em Portugal?

Português do Brasil

Português de Portugal

abridor

tira-cápsulas

açougue

talho

banheiro

casa de banho

cafezinho

bica

calcinha

cueca

celular

telemóvel

conversível

descapotável

faixa de pedestres

passadeira

geladeira

frigorífico

ônibus

autocarro

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5207 ms: Connection timed out