Curiosidades

A história dos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos foram criados na Grécia. Por volta de 2500 a.C, os gregos faziam homenagens aos deuses, principalmente Zeus, com as competições. Mas foi em 776 a.C. que ocorreram os primeiros Jogos Olímpicos de forma organizada, com a participação de atletas de vários cidades-estados.

Os atletas das cidades-estados gregas se reuniam na cidade de Olímpia para disputarem diversas competições esportivas: atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo (luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco). Os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades e ganhavam uma coroa de louros.

Os gregos buscavam através dos Jogos Olímpicos a paz e a harmonia entre as cidades da civilização grega. Mas por um período os Jogos Olímpicos não aconteceram. Isso aconteceu quando os romanos invadiram e dominaram a Grécia no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. No ano de 392 d.C., os Jogos Olímpicos e quaisquer manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após converter-se para o cristianismo.

No ano 1896, os Jogos Olímpicos são retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin. Nesta primeira Olimpíada da Era Moderna, participam 285 atletas de 13 países, disputando provas de atletismo, esgrima, luta livre, ginástica, halterofilismo, ciclismo, natação e tênis. Os vencedores das provas foram premiados com medalhas de ouro e um ramo de oliveira.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5203 ms: Connection timed out