Curiosidades

Caboclinho: tradições indígenas no carnaval de Pernambuco

Pernambuco é um estado muito rico culturalmente e, quando o assunto é carnaval, parece que todas as tradições pernambucanas se encontram nessa grande festa popular. O frevo é o rei, fazendo todo mundo dançar sem parar pelas ruas do Recife e ladeiras de Olinda. O Maracatu do Baque Virado, com seus tambores, acelera o coração; já o Maracatu de Baque Solto, com a beleza do Caboclo de Lança, faz a alegria de foliões e turistas.

Mas quem passar o carnaval no Recife também vai ter o privilégio de assistir a apresentações de Caboclinhos. Não menos importante do que os ritmos já citados anteriormente, essa dança folclórica só é vista realmente em época carnavalesca.

Caboclinho é uma dança folclórica apresentada durante o carnaval, no Nordeste do Brasil, por grupos fantasiados de índios que, com vistosos cocares, adornos de pena na cinta e nos tornozelos, colares, representam cenas de caça e combate.

Quem já viu uma apresentação sabe que a dança é forte e rápida, exigindo desenvoltura dos participantes. Há passos em que se dança agachado, baixando-se e levantando-se rapidamente e ao mesmo tempo rodopiando, apoiando-se nas pontas dos pés e calcanhares. Tem que ter muito resistência física!

E aí, vamos dançar?

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out