Comemorações

Dia de comemorar um cereal internacional: o milho

No próximo dia 24 é o Dia Internacional do Milho. Um alimento celebrado mundialmente, só pode mesmo ser muito versátil e importante. Afinal, ele está na gastronomia de vários países e muito presente no dia a dia do brasileiro.

Apesar de os Estados Unidos serem o maior produtor mundial, tudo indica que ele é de origem mexicana. Cientistas apontam que seu cultivo se deu há cerca de 7.500 anos e foi o alimento básico de muita civilizações antigas, como os Maias, Incas e Astecas, que o reverenciavam na arte e na religião.

Muito rico em nutrientes, o milho possui fibras, carboidratos, proteínas e vitaminas do complexo B, além de sais minerais como ferro, fósforo, potássio e zinco.

Sendo ele a estrela principal das comidinhas do período junino, nesta época é possível encontrar muitas delícias feitas com ele, como pamonha, canjica e munguzá. Ou simplesmente comê-lo assado ou cozido, além de pipoca, cuscuz, mingau, polenta, bolos, sopas, pães, e receitas salgadas diversas.

E já que ele é tão gostoso, nutritivo e versátil, que tal aprender uma receitinha bem diferente e gostosa de feijoada pernambucana? Anota aí:

FEIJOADA PERNAMBUCANA

Ingredientes

Temperos

-5 dentes de alho
-1 tomate grande picado
-1 colher (sopa) de cominho em pó
-1 pimentão picado
-1 xícara (chá) de folhas de coentro picadas
-1 xícara (chá) de cebolinha picada
-1 cebola grande picada
-1/2 xícara de vinagre de álcool
-2 colheres (sopa) de colorau

Carnes e demais ingredientes

-óleo para refogar as carnes
-2 pés de porco
-100 g de bacon cortado em cubos
-1 kg de costelas de boi, cortadas pelos ossos
-1 kg de carne de porco cortada em cubos médios
-1 kg de charque, não muito gordo e dessalgado
-500 g de canjica amarela ou milho para munguzá
-2 litros de água
-1/2 kg de feijão de corda
-água suficiente
-sal a gosto

Modo de preparar

Coloque metade dos temperos numa tigela grande que serão utilizados para temperar a carne. Acrescente as carnes, misture bem com o tempero e deixe descansar por meia hora. Numa panela grande coloque o óleo e refogue as carnes. Numa outra panela coloque o munguzá, 2 litros de água, os pés de porco já cozidos e cozinhe até que o milho fique macio. Em outra panela cozinhe o feijão de corda com o restante das carnes, e água suficiente, até todos os ingredientes ficarem macios, sem deixar o feijão passar do ponto. Na panela que foi cozido o munguzá acrescente o feijão com as carnes, o restante do tempero e, se necessário mais água, teste o sal, tampe e cozinhe em fogo baixo por aproximadamente 2 horas para ficar bem saborosa.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5204 ms: Connection timed out