Dicas de Leitura

Dicas de leituras para todo tipo de pai

O Dia dos Pais está chegando e você ainda não tem ideia do que vai dar de presente ao seu pai? Bom, a gente resolve esse problema e indica algumas obras que podem agradar a qualquer pai.

584404-gg

A primeira é o  Você é o melhor pai do mundo,  de Lupe Klein. Uma declaração de amor e carinho em frases e poemas. Ideal para presenteá-lo no Dia dos Pais, porque o admiramos e desejamos compartilhar com ele um sorriso, um sentimento de emoção.

260108-gg

Para aqueles pais fissurados em carros antigos, a sugestão é o Karmann ghia – o design que virou história, de Paulo César Sandler.  Mais de meio século depois de sua criação, o Karmann-Ghia ainda desperta desejo e fascínio. Fabricado apenas no Brasil e na Alemanha, o incrível automóvel criado sobre o acanhado chassi do Fusca teve uma vida longa, glamourosa e bem-sucedida: em dezenove anos de produção, mais de 400 mil unidades foram vendidas. Lindo, esportivo, economicamente acessível e confiável, ele ajudou a democratizar o automóvel em escala mundial. Exibido em museus americanos como exemplo de design perfeito, o “carro de uso diário vestido com sua melhor roupa de festa” passou a ser festejado constantemente, fazendo jus à dedicação de seus criadores, que conseguiram cumprir a difícil missão de conciliar beleza, praticidade e lazer. Ricamente ilustrado, Karmann-Ghia – O design que virou história resgata o percurso singular desse veículo que conquistou o coração de gerações de brasileiros.

325437-gg

Por fim, para os pais que adoram uma biografia, a indicação é Getúlio, de Lira Neto. Getúlio Dornelles Vargas (1882-1954) é a figura histórica sobre a qual mais se escreveu no Brasil. No entanto, na copiosa bibliografia dedicada a ele, não havia até agora uma biografia completa, de cunho jornalístico e objetivo, que procurasse reconstituir em minúcias a trajetória pessoal e política do personagem do modo mais isento possível. A monumental trilogia Getúlio, de Lira Neto, da qual se lança agora o primeiro volume, vem suprir com sobras essa lacuna. Ao longo de dois anos e meio, o autor se debruçou sobre uma vastíssima gama de documentos – muitos deles inéditos ou pouco explorados – para ajudar a decifrar a “esfinge Getúlio” e mostrar como foi possível que convivessem no mesmo indivíduo o revolucionário, o ditador, o reformador social e o demagogo. Sem desdenhar nenhum tipo de fonte ou arquivo, Lira Neto se serviu de cartas pessoais e memorandos oficiais, de diários íntimos, autos judiciais, boletins de ocorrência, notícias de jornal, anúncios de publicidade, charges, hinos, marchinhas, livros de memórias, entrevistas, depoimentos etc.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out