Dicas de Leitura

Histórias de sonhos, cores e muita imaginação

layout_facebook_140624_4

E para quem não curte os festejos juninos e quer aproveitar o tempo com leituras, nossa sugestão é O Sonho de Vitório, de Veridiana Scarpelli. A autora estreia de forma divertida na literatura infantojuvenil.

 

528869-ggO talento narrativo de Veridiana faz com que sejamos levados para o mundo dos sonhos. Vitório voa pelo céu vestido de super-herói mascarado. Os patinhos chegam de guarda-chuvas, a poça dá acesso às profundezas do mar que, por sua vez, esconde um lugar com outra surpresa e mais outra e outra. As páginas duplas do livro sugerem continuidade na narrativa, mantendo a fluidez da aventura e da leitura. Livro perfeito para todos que não abriram mão da fantasia e do sonho.

318992-gg

Na sequencia, a dica é Flicts, de Ziraldo. O livro conta a história de uma cor “diferente”, que não consegue se encaixar no arco-íris, nas bandeiras e em lugar nenhum, e que ninguém, a princípio, reconhece seu merecido valor. Ao longo do livro, Flicts vai se conformando que “não tinha a força do Vermelho, não tinha a imensidão do Amarelo, nem a paz que tem o Azul”.

509000-gg

Por último, indicamos o Bisa Bia, Bisa Bel, de Ana Maria Machado. A obra fala sobre uma menina que, no convívio imaginário com sua bisavó e sua bisneta, aprende a conviver consigo mesma. Três tempos e três vivências que se cruzam e se completam numa só pessoa, a menina Isabel. O diálogo de Isabel – ou melhor, de Bel – com sua avó – Bisa Bia – e, depois, com sua futura bisneta é uma mistura encantadora do real e do imaginário, levando o leitor a perceber as mudanças no papel da mulher na sociedade.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5207 ms: Connection timed out