Curiosidades

O cotidiano do homem primitivo através da arte rupestre

Na Pré-história, os homens primitivos vivam de maneira rudimentar. Sua alimentação era de subsistência, ou seja, apenas para comer e sobreviver. Viviam da caça, da pesca, dos animais do pasto, de frutas, verduras, etc. Viviam em grupos e existia um sistema de hierarquia das tarefas.

As mulheres cuidavam dos animais do pasto, tiravam leite, e cuidavam da colheita. Enquanto os homens tinham a função de ir em busca de carne, seja pela caça ou pescando peixes. Mas, afinal, como será que hoje é possível saber tanto sobre os modos de vida e o cotidiano deles? Simples: eles deixaram tudo registrado nas paredes, através de sua arte rupestre. A palavra rupestre vem de “gravação” ou “traçado”.

Eles representavam seu dia a dia, como a caça, seus rituais e sua alimentação. Em relação aos desenhos, não se sabe ao certo qual era sua intenção, mas em alguns casos, é possível que o homem a utilizasse com o intuito de, ao desenhar, que o fato acontecesse. A arte deles era composta de diversas representações gráficas por meio de sinais diversos, símbolos e desenhos. Era feitos nas pedras e nas paredes da cavernas, bem como esculturas em madeira e ossos. Para isso utilizavam-se de pigmentos de plantas e terra colorida, carvão, sangue animal combinado com areia e gordura para fixar na parede. Usavam o dedo ou uma espécie de pincel feito com o pelo dos animais.

Este tipo de arte é datada há cerca de 20 a 40 mil anos. E o melhor de tudo é que é possível presenciar esta arte ainda hoje, pois foi preservada. Quer conhecer? No Brasil, existe arte rupestre no Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (Piauí), Parque Nacional Sete Cidades (Piauí), Cariris Velhos (Paraíba), Lagoa Santa (Minas Gerais), Rondonópolis (Mato Grosso), Peruaçu (Minas Gerais). Já na Europa, existe a Caverna de Les Trois-Frères – França, Complexo de Cavernas de Lascaux – França (Patrimônio Mundial da UNESCO e uma das mais conhecidas do mundo), Caverna de Altamira – cidade de Santander na Espanha, El Castillo (província da Cantábria -Espanha) e Val Camonica (Itália).

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out