Curiosidades

Qual a diferença entre diplomata, embaixador e cônsul?

Recentemente falamos sobre a diferença entre consulado e embaixada. Para lembrar do assunto é só clicar aqui! Hoje vamos saber quais as funções do diplomata, embaixador e cônsul. Vamos descobrir juntos?

DIPLOMATA – No Brasil, diplomatas são funcionários concursados do Ministério das Relações Exteriores. Eles representam o país no exterior. Como diplomata, a pessoa pode trabalhar tanto em Brasília quanto nas embaixadas e consulados brasileiros em nações estrangeiras. O tempo de permanência do diplomata em cada posto do Itamaraty varia de dois a cinco anos. Após uma longa carreira, o diplomata pode exercer as funções de embaixador e cônsul.

EMBAIXADOR (A) – Como chefe de uma embaixada, é o mais alto representante do nosso governo em um país estrangeiro. Para que um diplomata ocupe a função de embaixador, precisa ser nomeado pelo Presidente da República. Uma vez no exterior, ele pode ocupar a função por até cinco anos. Após o período, retorna ao Brasil ou é indicado para uma embaixada em outra nação.

CÔNSUL (CONSULESA) – É o cargo do chefe de um consulado. Ele é responsável pela ponte entre seu país de origem e a comunidade local. Dentro do posto, também são chamados de cônsules adjuntos e vice-cônsules os funcionários responsáveis diretamente pelas atividades consulares. Não há limite de consulados para cada país, e cada um tem seu cônsul.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out