Curiosidades

Todo açúcar é igual?

Sem ele, nossa vida seria sem graça. Porém, seu uso em excesso pode fazer mal. Já pensou como seria sua vida sem o açúcar? Que o diga o sociólogo pernambucano Gilberto Freyre, que dedicou um livro inteiro ao açúcar. A história de Pernambuco, por exemplo, é praticamente a história do açúcar, dos doces, dos bolos, das guloseimas. Aqui no Brasil, essa história começa no período do Brasil Colônia, onde tivemos o Ciclo da Cana de Açúcar.

Dizem que a cana teve sua origem no Sul do Pacífico e depois foi levada à Índia. Mas foi no Império Árabe que ele se difundiu. Antigamente, seu uso era praticamente um luxo, pois era caro, assim como as especiarias do oriente.

E será que você sabe que da mesma cana de açúcar é possível obter tipos diferentes deste produto? Ele pode ser mascavo, demerara, cristal e refinado. O mascavo é a primeira fase, em seu estado integral, sem passar por nenhum refinamento e tem o sabor semelhante ao da rapadura, possuindo muitos nutrientes, sendo o mais recomendado por ser o mais saudável. Em seguida, a próxima etapa é o demerara, que é o mascavo que passa pelo processo de purificação e refinamento, mas não recebe aditivos químicos.

A próxima etapa é o açúcar cristal, que é bem granulado e transparente e passa por cozimento e clarificação, onde é retirada uma parte dos sais minerais. É o mais barato e o mais utilizado pela maioria das pessoas. Está presente nos nossos lares e adoça nosso suco, nosso café, doces, etc. E quando este tipo passa por maior refinamento, ele fica com grãos finos e bem branquinhos, contudo, sem nenhum nutriente. É o chamado açúcar refinado, se assemelhando ao talco e muito utilizado na confeitaria, na cobertura de bolos.

Mas sabia que existem ainda outros tipos de açúcar que são mais saudáveis e naturais? Tem sim, a exemplo do extraído da beterraba, muito utilizado na Europa. Hoje temos ainda o de coco, que é bem recomendado por ter mais nutrientes e ser mais natural e não ter compostos químicos em sua formulação. Ele possui ferro, potássio, magnésio, zinco e vitaminas B1, B2, B3 e B6, além de ser menos calórico. É bastante utilizado na culinária do Sudeste Asiático. Por fim, entre tantos outros tipos mais, temos o que é extraído das frutas, que é chamado de frutose.

Agora que você conhece um pouco mais sobre os tipos de açúcar, que tal pesquisar, degustar, fazer receitas e tirar suas próprias conclusões, além de descobrir novos sabores?

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5204 ms: Connection timed out