Dicas de Leitura

Histórias para se divertir com lobinhos e aprender sobre solo

A primeira dica desta semana é uma referência a um dos nossos temas, é o livro Solo sob nossos pés, de Deborah de Oliveira. Todos vivemos sobre o solo, mas pouco sabemos sobre este importante recurso natural. Elemento essencial para todas as formas de vida na Terra, o solo está em constante transformação e pode até morrer se não for protegido. Em linguagem clara, este livro apresenta a formação, a composição e o perfil do solo. Mostra também quais organismos vivem nele e explica por que há solos mais férteis que outros. Também estão presentes na obra os debates recentes sobre manejo do solo e as forças internas do planeta que podem afetar o solo sob nossos pés: os vulcões e os terremotos. Ilustrações e fotos, boxes, sugestões de sites para pesquisa e esquemas científicos permeiam a obra, que explora um tema pouco abordado na literatura escolar brasileira.

Ainda na pegada do tema sobre o solo, sugerimos a leitura de O solo e a vida, de Rosicler Martins Rodrigues. No solo, crescem as plantas silvestres que abrigam muitos tipos de seres vivos. No solo, crescem as plantas que são cultivadas para alimentar os seres humanos e os animais. Do solo, retiram-se argila e areia para fazer centenas de utensílios usados no cotidiano. As rochas são a base da superfície terrestre, a fonte de minérios, de pedras preciosas, do carvão e do petróleo. São elas que originam o solo rico em minerais dos quais todos os seres vivos precisam para sobreviver. Todos dependem do solo e das rochas para viver. Por isso, é preciso conhecer esses presentes que a natureza nos deu: para usufruir, sem destruir. Utilizando linguagem simples, mas com rigor científico, a autora mostra a importância do solo e das rochas e discute a necessidade de preservar esses recursos da Terra.

Por fim, baseado em outro tema da semana, sobre o escotismo, sugerimos uma leitura divertida e de muito aprendizado moral, é o livro Lobinho na escola de enganação, de Ian Whybrow, ilustrado por Tony Ross. Primeiro volume de uma série premiada na Inglaterra, este livro conta a história de um filhote de lobo que estava indo para o mau caminho. Lobinho Devagar não era um lobinho-problema – até o dia em que começou a ter um comportamento irritantemente bonzinho e até bondoso. Insistia em dormir cedo, tosar o pêlo, escovar os dentes e fazer outras coisas inaceitáveis para um lobinho realmente do mal. Coisas da idade… mas os pais ficam preocupados. Na dúvida, decidem mandá-lo para uma viagem de estudos na Escola de Enganação, situada na Floresta Assustadora e dirigida pelo célebre tio Lobão do Mal, um mestre do mau-caratismo. Lobo da velha-guarda que há muito tempo já não destrói casas de porquinhos, o tio Lobão adota um método pedagógico que consiste em aplicar nos alunos a mais pura crueldade. Meio pelo avesso, acaba funcionando: Lobinho aprende as Nove Regras do Mau-Caratismo, obtém o prestigioso Distintivo do Mal e torna-se apto a honrar o péssimo caráter da família. Só que ele descobre uma simpática alcatéia de lobinhos-escoteiros acampada perto da Escola de Enganação… e vai de novo pelo mau caminho. Toda a história é contada através das cartas que Lobinho escreve para os seus pais (mais um indício de que ele não terá um grande futuro como lobo mau).

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5204 ms: Connection timed out