Dicas de Leitura

Livros para ler, brincar e se movimentar

Esta semana separamos para vocês várias leituras legais. A primeira delas é um clássico, trata-se de João e o pé de feijão, de Ingrid Biesemeyer Bellinghausen. Para quem não conhece, os feijões caíram na terra e cresceram, cresceram tanto que chegaram à casa de um gigante. Lá, João encontrou a solução para a pobreza de sua família: a galinha dos ovos de ouro. Na versão de Ingrid Biesemeyer Bellinghausen, com sua arte feita de recortes, algodão e muita cor, essa famosa história encanta as crianças.

joao_pe_feijao

Na sequencia, a sugestão é o livro Cuidar bem das crianças – brinquedos e brincadeiras com o corpo em movimento, de Adelsin. Nesta obra, Adelsin propõe o resgate da infância por meio do contato com brincadeiras que ele pesquisou em suas andanças pelo país: quem não se lembra do aviãozinho de papel que um dia alçou um belo voo? Da boneca de pano que de tanto passear com a dona acabou toda desbotada? Do pião e seu eterno desafio? Essas e outras nove brincadeiras encontram-se nesse livro.

cuidar_criancas

E já que nosso tema da semana já começa a falar das festas juninas, a indicação é do livro Bandeira de São João, de Ronaldo Correia de Brito e Assis Lima. Depois de trabalhar a terra e plantar as sementes, nada mais alegre do que colher os frutos. As festas juninas brasileiras, principalmente no Nordeste, celebram a prosperidade e a fartura das colheitas. Bandeira de São João, de Ronaldo Correia de Brito e Assis Lima, conta, em uma narrativa simples e metafórica, a história do desaparecimento do sol, que se escondeu deixando a terra escura e triste.

bandeira_sao_joao

O Noivo e a Noiva iam se casar à luz de uma fogueira, mas se perdem. A Boneca de Milho não amadurece em espiga e o pássaro Uanari não canta mais. Só há uma maneira de trazer a alegria de volta, realizar o casamento e dançar uma quadrilha, achando o sol. Os personagens passam por várias provas nessa busca, sem perder a coragem e o sonho. Bandeira de São João fala de amadurecimento e dos obstáculos que cada indivíduo deve superar para viver melhor. Baseada em brincadeiras populares da região nordeste, os autores criaram uma peça teatral divertida e cheia de sabedoria, que, mesmo com a aparência infanto-juvenil, é escrita para todas as idades.

Compartilhe:

Failed to connect to api.facebook.com port 80 after 5205 ms: Connection timed out