Curiosidades

Qual a diferença entre os vírus e as bactérias?

Em meio a tantas notícias sobre a pandemia do coronavírus, muitas pessoas tem muitas dúvidas e ainda confundem vírus com bactérias. Afinal, o que diferencia estes dois microrganismos? A verdade é que, seja lá como for, estes dois organismos são causadores de muitas doenças e problemas de saúde que acometem os seres vivos, tanto humanos, quanto animais.

As bactérias são microrganismos vivos, compostos por uma célula única. Apesar de tudo, as bactérias nem sempre são ruins ou fatais para o ser humano, a exemplo das que vivem em nossa flora intestinal, contribuindo para a saúde do intestino. Elas se multiplicam ao se dividir e possuem metabolismo próprio. As bactérias são as causadoras de doenças como tétano, difteria, pneumonia, tuberculose, cólera, entre outras. Para tratar as bactérias, dependemos unicamente dos antibióticos, e há um tipo para cada doença.

Já os vírus, são apenas partículas infecciosas, bem menores que as bactérias, e não podem ser considerados como seres vivos. Podem ser mutantes e se reproduzir dentro de uma célula hospedeira. Os vírus atacam não somente os humanos, mas também os bichos e as plantas. Entre as doenças causadas por vírus podemos citar a gripe, o coronavírus, dengue, sarampo, Aids e hepatite, entre outros. Os vírus podem ser tratados apenas com antivirais, que impedem sua multiplicação, evitando que alcancem as células. Contudo, vale salientar que há casos em que os antibióticos são prescritos para tratar as infecções causadas pelos vírus, uma vez que podem enfraquecer a imunidade e facilitar a contaminação por bactérias.

Os dois são invisíveis ao olho humano, só podemos ver com um microscópio. Multiplicam-se rapidamente. Em ambos os casos, é possível criar vacinas contra doenças, mas nem todas possuem vacinas, a exemplo da aids. A vacina estimula o sistema imunológico dos indivíduos.

Por fim, o melhor caminho para combater vírus e bactérias é manter a higiene e cuidar da saúde, com uma alimentação saudável, adequada, com alimentos que promovem a imunidade, a exemplo de frutas cítricas, ricas em vitamina C, como limão, acerola e laranja, e fazer uso de probióticos que estimulam o aumento da imunidade. Mas é sempre bom fazer uma visita ao médio, ao menos uma vez ao ano, a fim de prevenir doenças e se informar sobre os melhores cuidados a se tomar.

Postar um comentário

*
*